Home recolocação profissionalComo se dar bem em uma entrevista por videochamada
Como se dar bem em uma entrevista por videochamada

Como se dar bem em uma entrevista por videochamada

Geralmente usada no início de processos seletivos, a videochamada é uma boa solução para os recrutadores encontrarem candidatos antes de uma conversa cara a cara. Apesar de não agradecer a alguns, isso significa que os competidores não gastam tempo com deslocamentos se o entrevistador logo perceber que não se encaixa na vaga.

A praticidade, no entanto, pode se tornar uma armadilha: algumas pessoas pensam que, por estarem em casa, não precisam ter cuidado com o vestido ou com o palco. Para ajudar você a garantir o profissionalismo e enviar bem nesta fase, coletamos 8 dicas importantes.

Garante uma boa conexão

Para evitar possíveis interrupções, verifique alguns minutos antes que a chamada inicie quando estiver conectada à Internet. Esse conselho é melhor se o local em que você fará a entrevista não for sua casa ou um ambiente em que você normalmente acessa a rede.

Verifique a parte técnica

Teste antecipadamente o microfone, a câmera e se o software escolhido para realizar a videoconferência funciona bem em seu telefone ou computador. Problemas técnicos podem causar longos atrasos e comprometer não apenas a agenda do recrutador, mas suas próprias possibilidades de continuar no processo de seleção.

Selecione um local apropriado

Além de problemas com a Internet e complicações com o microfone, um local barulhento pode fazer com que o recrutador não entenda o que você está dizendo. Além disso, nada para fazer a entrevista na cama ou em um lugar muito bagunçado (ou pelo menos não deixar a câmera pegar isso). Coisas desse tipo impedem o fluxo do diálogo e podem dar a impressão de que você não teve cuidado ao escolher um local apropriado para a ligação.

Evite distrações

A segunda grande vantagem na escolha de um local com pouco ruído é a diminuição das distrações. Você precisa se certificar de que estará focado na videoconferência para responder adequadamente a todas as perguntas e entender tudo o que o recrutador diz.

Fazer a tarefa

Esta sugestão é válida para qualquer tipo de entrevista de emprego. Para enviar bem, é preciso pesquisar sobre a empresa contratante, entender o seu negócio, o mercado em que atua e um pouco da sua história. Também é interessante conhecer a cultura daquele lugar e as opiniões dos funcionários que trabalham lá.

É chamado para a chamada

Nada pijama e cara de quem acabou de acordar. Entre nesta entrevista como se estivesse cara-a-cara e garanta pelo menos que a parte visível na câmera seja apresentável para o recrutador. Além disso, preste atenção à sua posição: não faça a entrevista deitada ou sentada de qualquer maneira, ou pense.

Entenda que é uma conversa normal

Por mais que haja distância e, muitas vezes, o medo de falar com uma câmera, tente encarar a conversa como se fosse habitual. É uma entrevista de emprego que, na sua essência, será como qualquer outra que você já tenha feito. Vá naturalmente, responda todas as perguntas com cuidado e mostre simpatia e interesse na empresa contratante que tudo correrá bem!

Se você não tiver certeza, treine com um amigo

Se você acha que não está confiante o suficiente para a entrevista, convide um amigo para ser seu recrutador em um treinamento de vídeo-perseguição. Desta forma, você se acostuma com a ideia de ter uma câmera e um microfone capturando tudo o que você diz.

Após o exercício, peça ao seu amigo para dar seus feedbacks e outras considerações sobre o seu desempenho na entrevista. Se você achar relevante, trabalhe em cima desses pontos para que seu desempenho seja perfeito quando valer a pena!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *